ah, o amor nerd…

Posted On março 25, 2013

Filed under Uncategorized
Tags: ,

Comments Dropped leave a response

Mila acaba de comprar o livro Game of Thrones RPG e está muito empolgada para escrever uma aventura, quando…

M: OMG!!! Rapha! Tem sistema pra Battlestar Galactica tb!!!
R: eu sei! acabei de ouvir no jovem nerd e já anotei pra baixar!
M: eu te amo! ❤

Twenty twenty four hours agoo, I wanna be sedated!

Posted On março 11, 2013

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

É assim que me sinto nas segudnas-feiras =D

Desafio Aceito: 1001 Discos Para Se Ouvir Antes de Morrer

Hoje eu estava procurando sobre Nina Simone devido a uma série de fatores bizarros que acontecem durante o meu dia, quando me deparei com este link.

E lembrei o quanto eu queria este livro, e até pretendia roubá-lo da minha mãe… e aí me lembrei dos desafios estilo Julie&Julia (que por acaso ainda não vi, mas…) e associei com a incrível habilidade de designer e afins trabalharem melhor com música. E bingo tenho um propósito melhor para este blog (além de servir como lista de presentes e catarse)! Vou me auto desafiar a produzir qualquer coisa inspirada em cada um desses álbuns!

Não sei se um ano dá tempo, portanto não vou impor tempo limite… Mas o próximo post sobre este desafio será sobre o disco In The Wee Small Hours de Frank Sinatra, ou o D001!

 

Mila

P.s.: e sim, eu vou baixar os discos! Mas se possível vou tentar comprar (então quem quiser me dar de presente algum…).

Por que Margarina?

Ah… é um apelido desde a sexta série XD Por causa da propaganda da Margarina Mila. Uma garota fez um paródia pra mim com o jingle do comercial…

 

Nova sessão: Pergunte para a Mila! Me siga no @milamargarina ou no http://www.formspring.me/milamargarina

E faça sua pergunta!

Parabéns por poluir o planeta! =D

Você já teve uma oportunidade de comprar um carro novo?  0km, saído da fábrica com aquele cheiro de chiclete tutti frutti mofado e enjoativo?

Não? Sorte sua… assim vc não tem que ouvir pessoas te dando parabéns pelo carro.

Eu tive que comprar um carro 0 por muito motivos (pressão, segurança etc) e nunca pensei nisso como uma grande mudança na vida de um pessoa. Achei que era como comprar um carro usado só que com cheiro de morango velho e acessórios mais legais.

Enfim, depois de efetuar a compra, a vendedora me diz: “Parabéns pelo carro novo!”

E eu penso: “Obrigada, eu estou num comercial desse carro?”

Tudo bem, é o trabalho dela fazer você se sentir num comercial de carros ou ganhador de um sorteio  então deixei pra lá.

Logo depois de sair da loja, meu pai e minha madrasta me dão parabéns! Ok eles deviam estar afetados pelo comercial da vendedora… vamos deixar isso pra lá…
Chego em casa e minha vizinha me dá parabéns! O que é isso pegadinha? E quando eu entro, minha vó me dá parabéns, minha tia liga e me dá parabéns… enfim todo mundo me dá parabéns!

GENTE! Parabéns pelo que? Por ficar cheirando a frutas secas? Por contribuir com as emissões de carbono no planeta e ser mais um motorista solitário no tédio da hora do rush? É só um carro!

Pelo menos foi isso que me disseram ao me convecerem a trocar o meu querido Fusca, companheiro de altas aventuras (no estilo Sessão da Tarde) por um novo! Alguém pode me explicar por que as pessoas dão parabéns para um carro 0? Sério, ninguém me deu parabéns quando eu comprei meu Wii, e eu achei uma compra muito bem feita…

E antes que alguém comente: sim eu odeio cheiro de carro novo! Estou tentando livrar o cheiro do meu porque eu acho enjoativo!

Mila

Orgulho e Preconceito & Zumbis

Em setembro li “Orgulho & Preconceito” e sua versão zoada “Orgulho e Preconceito & Zumbis”.

A versão original é um romance bem divertido e meigo. Jane Austen é como um José de Alencar para a Literatura Inglesa, só que bem mais leve – considerando que a obra com a qual se possa comparar seria “Senhora”.

Ah sim, eu também vi o filme, já que era um dos indicados na lista de filmes com figurinos LOOSHO e apurados que minha professora mandou. Lembrei muito de uma amiga minha que adorou esse filme ficou pelo menos um ano comentado sobre ele. Achei que ia ser meloso, por isso não vi na época… Mas de fato não o é!  Acho que a maior parte dos garotos não vai gostar já que não tem sexo nem violência, no máximo dar a mão. Bonitinho, né? Mentira, tem bastante sarcasmo da parte de Elizabeth Swan Bennet e alfinetadas do Sr. Darcy, o que torna tudo mais divertido.

Agora, se você sente falta da ação e não se importa com falta de pesquisa histórica e embasamento, eu recomendo “Orgulho e Preconceito & Zumbis”!

Quem já ouviu falar, sabe que a história original é igual a esta versão em mais ou menos 80%. Os outros 20 incluem zumbis, damas e cavalheiros que lutam Kung Fu e estilos indeterminados de Kenjutsu e Ninjutsu.
O que eu achei desnecessário foi o excesso de vômito e nojeira em algumas cenas, a dupla personalidade  da protagonista, o amante da Sra. Gardiner e algumas menções em relação à cultura oriental feitas com pouca base ou sem explicação ao leitor – além de contradições bizarras.

Um exemplo disso é a orientação chinesa em artes marciais na qual as irmãs Bennet são treinadas. No entanto, todas elas usam katanas. Mesmo sendo armas idênticas, o sabre chinês e a katana deveriam ter sido distintos dependendo de qual personagem se refere a arma. Já que os chineses, dificilmente admitiriam que sua arma fosse chamada pelo termo japonês. Outra coisa que achei bizarro é que apesar de cristãs, algumas vezes elas falam em Buda como se fosse Deus e não um estado espiritual. Enfim, são passáveis, mas eu acho meio exagerado e sem sutileza. É visível quando o texto é o original e quando é o autor Seth Grahame-Smith.

No mais os Zumbis são ÓTEMOS. E causam horror e risadas, alternadamente e às vezes simultâneamente! Acho que o mais engraçdo e divertido dessa versão é o conceito e o desenvolvimento deste com relação as situações empoadas do fim do século XVIII e início do XIX.

Mila

Guitar Hero – Warriors of Rock

Acabei de ver no Nerd Pride que vai sair o novo jogo da série Guitar Hero *.* (Nossa mal, comprei um já to pensando no próximo…)
Se chama Warriors of Rock e eu já estou vasculhando no site oficial para saber os detalhes.

O que eu mais amei até agora é que tem as minhas bandas preferidas: Linkin Park e MCR. O que eu não gostei foram as músicas escolhidas… Acho que ambas as bandas tem musicas mais legais e Rock’n’roll do que Bleed it Out e I‘m Not Okay (I Promise). Eu gosto delas, mas não acho que são as mais marcantes nas carreiras de ambas as bandas.

Pelo que estou lendo, tem + de 90 musicas e um novo modo de jogo chamado Quest. Os personagens originais como Johnny Napalm, Judy Nails, Pandora, etc ganham poderes do Demi God of Rock – que está petrificado – para derrotar a Besta. O Deus do Rock chama seus guerreiros para uma jornada em busca da verdadeira essencia do Rock. Tudo isso narrado por Gene Simmons do Kiss!!! – Sim, ele é o Demi God.
Além disso, cada personagem tem um poder único que, aparentemente no modo banda, podem ser combinados. Me parece também que as histórias de cada personagem e consequentemente a ordem das músicas também mudam seguindo este princípio.

Mais informações e vídeos no site http://hub.guitarhero.com/.

Fiquei bem empolgada com os vídeos promocionais! Os gráficos estão muito bons e espero que a jogabilidade prometida também. O jogo estará disponível para Wii, Xbox360 e PS3.
Fora que nada paga a cena dos 3 casca grossas do jogo cantando Queen!

Mila

O legado dos D.

Posted On setembro 27, 2010

Filed under anime/mangá, música
Tags: , ,

Comments Dropped one response

ATENCAO! Este post contém spoilers de ONE PIECE!

Estava eu lendo alegremente inutilidades na internet, mas especificamente os links que chegam por twitter, quando me deparo com este post do Billy, The Butcher da 91 Rock.

Eu ri LICTROS, mas o que eu achei MAIS LOL ainda foi a esta foto aqui:

Bizarrices à parte, quem é fa de One Pice de Eeichiro Oda entende que aquele “D” tem muito mais significado do que aparenta.
Para quem nao lembra, ou ainda nao chegou nessa parte e gosta de spoiler, no mundo de One Piece as pessoas que carregam o “D.” no nome sao aquelas que de algum modo afetam a história.
E aqui cabe a pergunta: Kurt D. Cobain foi um pirata??? E o que mais me assusta: Justin D. Bieber vai marcar a história mundial????? FFFFF…!!!!!!!!
Isso daria uma boa One Shot de One Piece… ou até uma fanfic legal XD.

Eu riria horrores.

Mila


O verdadeiro Guaraná da amazônia

Oi Pessoal!

No carnaval eu e o Rapha fomos para Manaus visitar o meu pai. E lá Raphinha comprou e conheceu o Verdadeiro Guaraná da Amazônia! Para vocês meros mortais que se contentam com Kuat ou guaraná Antártica, fiquem sabendo que em Manaus há muitas e muitas variadades de refrigerante sabor guaraná que não, não é o Guaraná de Jesus! (O sonho cor de rosa é do Maranhao povo!)
O Favorito de Dona Rita (minha avó) é o Magistral, mas marcas a parte todos os guaranás da Amazônia (os true) tem uma cor que fica entre a coca cola e o chá mate. E o gosto, acreditem ou não, é com aromatizante NATURAL. Isso aê que você leu: N-A-T-U-R-A-L.
Parece tão estapafúrdio e paradoxal um refrigerante ter aromtizante… natural, não é?

Otakus

Posted On janeiro 5, 2010

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Hoje é um post para diferenciar o otaku brasileiro de um otaku japonês.

Motivo: pq é legal e eu vi uma reportagem generalizante sobre o otaku que casou com a namorada virtual.

Os otakus brasileiros são aqueles que adoram e são fanáticos por coisas japonesas. Além de fazer “XD”,”^^”, “XP”e afins. Também adoram usar expressões de animes e em japonês. A maioria se interessa por cultura japonesa através de animes e mangás.

Os otakus brasileiros pegaram a expressão japonesa para um “nerd” e usam para se designar.

No Japão, no entanto,  otaku é bem mais do que ser um nerd. É ser nerd²  sobre um assunto em especial. Geralmente tem relação com tecnologia, video games, animes e mangás. Contudo isso não é regra. A essência de ser otaku no Japão é saber as informações mais bizarras e difíceis de encontrar sobre o seu assunto favorito.

E esta foi a cultura inútil do dia.

Até.

Próxima Página »